SOU 100% ANGELINA

 

 

 

 

EDUARDO HANADA

 

thumbnail_edu_site.jpg

No final de 2008, com os meus 38 anos, eu precisava fazer uma atividade física depois de quase ter infartado. Comecei a caminhar e logo a correr gradativamente. Na época era um enorme sacrifício vencer essa inércia de anos. Porém, sabia que era necessário e ficava imaginando como estaria depois de uns 5 anos. A paixão pelas corridas veio quando inscrevi na minha primeira prova em Abr/2009. Achei incrível a sensação de conseguir correr direto e superar a distância de 10 km, mesmo chegando nas últimas colocações. Logo queria mais.  

Entre uma prova e outra fui conhecendo o pessoal das corridas e esse círculo de novas amizades e integração foi fazendo com que eu não parasse mais. Ainda no ano de 2009 fiquei sabendo de uma corrida no município de Angelina, no Vale das Graças. Aproveitando o apelo turístico me aventurei em conhecer a cidade e a fazer a minha primeira prova fora da grande Florianópolis. Gostei tanto que de lá pra cá foram mais 8 participações. E esse ano irei completar os 10 anos consecutivos com 100% de participações na tradicional Corrida Rústica de Angelina.

Até lá deverei ter mais de 350 corridas realizadas e completadas nas distâncias entre 3km e 42 km, e em diversas modalidades e tipos de percursos. Sei que estou no meu limite, mas ainda sonho em alcançar algumas marcas significativas pra mim. Entre elas: 
05 Km - Sub-20 min - (melhor tempo: 21min08s)
10 Km - Sub-42 min - (melhor tempo: 43min57s)
21 Km - Sub-1h35min - (melhor tempo: 1h37min44s)
42 Km - Sub-3h25min - (melhor tempo: 3h45min20s)
São Silvestre - Sub-1h10min - (melhor tempo: 1h15min49s)
Wings for life - mais de 30 Km - (maior distância: 27,57 km)

Além de correr gosto de manter o meu “Diário de Corridas”, onde registro e compartilho as minhas participações em cada uma delas no Blog “Minha vida de corredor - Eduardo Hanada”. Também me serve de consultas futuras e às vezes para relembrar as experiências.

Enfim, "Corra pela sua saúde, e de quebra, tenha um bom condicionamento físico, um círculo de amigos maior, um sono de melhor qualidade, mais disposição, um motivo a mais para viajar, uma sensação de poder e superação, e muitas histórias incríveis para contar”.

 

 

EGOMAR PROCHNOW

 

eg.jpg

 

Desde criança sempre estive envolvido em esportes: saltos, karatê, futebol, vôlei, basquete, ciclismo, futebol e a própria corrida, entre outros...

 

Comecei a correr porque queria ser Policial Rodoviário Federal e na prova envolvia corrida, então após alguns treinos de 3km fiz uma corrida do Sesi em Blumenau onde conheci o Renato Ventura que me convidou pra ir à Angelina onde à 9 anos participo dessa excelente prova, sendo o point de encontros do grupo Loucos por Corridas.

 

Em 2011 fiz a minha primeira maratona em POA, fantástico, comecei a pegar gosto pelo “sofrimento”, em 2012 fiz minha primeira ULTRA em Urubici 52 km e não parei mais, sendo minhas provas preferidas, já foram 23 ultras em 4 estados e mais de 30 cidades.

 

Não sou nenhum campeão de pistas, mas gosto muito da competição entre amigos e sempre dou minhas provocadas. O ponto mais legal das corridas é a formação de amizades além do carinho que recebemos do público e conhecer locais que conheci só devido às corridas.

 

Estou sempre pronto pra ajudar quem quiser em qualquer momento, e gosto muito de parcerias, nesse sentido as ultras são mais favoráveis, pois as provas de dupla, trio e quarteto são muito legais, como as três maiores provas do Brasil que fiz, a prova BR 135 em quarteto com Pamplona / Patrícia/ Flávia, a prova 300 em dupla com nosso amigo Marcola e agora voltando da UAI com nossa grande ultra Márcia Eufrásio.

 

2018 é especial, serão 10 anos de prova em Angelina e vamos fazer uma festa para nosso grande amigo Renato que consegue convergir muitos dos nossos amigos para essa bela cidade nessa belíssima corrida.

 

 

ANTÔNIO VITOR VIEIRA

 

antonio_vitor.jpg

 

Meu nome é Antônio Vitor Vieira, tenho 75 anos e casado com Sueli Vieira, minha família é composta por 05 filhos, 10 netos e 2 bisnetos.

Meu início nas corridas foi com a idade de 45 anos, no inicio foi por curiosidade com o passar do tempo virou hobby e agora se resume a qualidade de vida.

 

Tenho no meu currículo 791 provas percorridas, muitos troféus e mais de 30.000 km percorridos.

 

Em todos esses anos (30) de estrada participei das chamadas corridas de grande porte como a corrida de São Silvestre, o Circuito Inter Praias, Volta a Ilha e outras maratonas.

 

Vejo a corrida de rua como um esporte muito cordial. Não vejo maldade entre os participantes é um esporte que indefere de classe social, é possível nos socializarmos e trocar ideias. E a melhor parte é incentivar a juventude a praticar um esporte saudável e buscar uma melhor qualidade de vida.

 

Essa corrida é uma das que faço á anos, especificamente participei de todas. Além do ótimo percurso é muito bem organizada e sempre fui muito bem recebido e acolhido pelo povo de Angelina.

 

 

RONALDO URBANO

 

imagem_ronaldo1.jpg

 

Sinto-me feliz em estar entre os corredores que participaram de todas as nove edições das Corridas de Angelina.

 

Eu iniciei nas corridas de competições um tanto quanto tarde, lá pelo mês de julho de 2007, depois que me aposentei com 60 anos de idade. Minha primeira competição oficial foi a Corrida dos Bombeiros lá no trapiche da Beira Mar coordenada pelo Walmir Carvalho através da ACORSJ. Depois da primeira picada não parei mais de competir e nem mesmo com 70 anos no lombo é suficiente para me tirar o gosto pela corrida. Ao longo desses 11 anos já participei 527 competições, incluindo asfalto, trilhas, montanhas, areia, etc. Com percursos variados entre 05 e 42 quilômetros nas mais diferentes localidades do país. Corro porque gosto de correr, corro pelo gosto de estar competindo, contudo dou preferência às competições bem organizadas onde há respeito e consideração das partes - atleta e organizador, fatores este que me incentivam a participar do mesmo evento sempre e quando foram organizados.

 

Particularmente já repeti diversas corridas, ora pelo percurso, ora pela organização, ora pela localidade, no entanto tem algumas que são especiais e faço questão de marcar presença em todas elas, como é o caso da Corrida de Rua Cidade de Angelina onde estão presentes todos estes fatores. Gosto do percurso, gosto da localidade, gosto da organização e prezo muito o idealizador deste evento pela capacidade de gerenciar a corrida, pelo respeito aos atletas, pela simpatia com todos e pelo esforço em manter viva a competição. Além do mais o Renato é corredor e corredor sabe exatamente do que o corredor gosta e necessita. Completo dizendo que faço questão de guardar as medalhas, os troféus e as camisetas que ainda me restam das corridas em Angelina.